Depois da Hadassa percebi que meus looks mudaram e muito! Quando se tem um bebê pra correr atrás o tempo todo, a gente começa a prezar pelo conforto e praticidade, mas também não pode deixar de lado a vontade de se arrumar e estar bonita! Nos primeiros meses eu mal tirava o pijama, sei que isso é normal pra maioria das mulheres, mas não podemos relaxar tanto assim! 
Depois de um tempo meus looks viraram uma monotonia total, era sempre a mesma roupa com o mesmo sapato, ou porque era mais fácil, ou porque era o mais confortável, mas às vezes era por pura preguiça mesmo de tentar montar outra combinação! 
Depois que a bebê fez 1 ano (hoje eu me pergunto porque demorei tanto assim!!!) comecei a me cobrar mais nesse sentido, preciso me arrumar não só pro meu esposo, mas pra mim também! Pra me sentir bonita, pra olhar no espelho e gostar do que eu vejo, pra me reconhecer naquela imagem refletida, porque eu juro que não sabia mais quem eu era, em todos os sentidos da coisa! rs 
E desde então minha auto estima melhorou bastante! Voltar com o blog também me ajudou muito, porque agora eu sempre acabo me arrumando um pouquinho mais quando sei que vou fotografar look pra mostrar aqui! 
Sei que nunca mais serei a mesma, até porque, antes de vestir uma roupa sempre me pergunto se vai "pinicar", se vou ter que ficar arrumando o decote toda hora, se vai marcar a roupa íntima, se o sapato vai machucar meu pé, se vou parecer menininha demais...coisas que antes de ser mãe eu nunca fazia!
E isso foi um grande amadurecimento fashion e pessoal! Agora digam vocês se meus looks estão com "cara de mãe":

Um cardigan é uma boa opção pra incrementar aquele look básico! E as sapatilhas se tornaram minhas melhores amigas! Um broche ajuda muito pra não ter que ficar arrumando decote toda hora!

Taí outro exemplo de como o cardigan dá um up em qualquer look! O saltinho baixo tem sido uma ótima escolha, não cansa os pés e deixa o look mais charmoso e feminino! Quem conseguiu enxergar uma mãozinha intrusa aí na foto? o/ hahaha

Tênis tem sido um caso de amor! Não tem nada mais fashion e confortável no mundo!

E quando você descobre que misturar a saia de tecido fino com o tênis fica um hilo super interessante?

Sobreposição e outra misturinha hilo super bacana! E temos um look perfeito pra passear no parque com a pequena!

E até no look festa a gente preza pelo conforto! O saltinho é de acrílico, mas não é muito alto! E sempre escolho roupas que não preciso ficar ajeitando o tempo todo! Tô ou não tô com cara de mãe? hahaha

Pelo amor de Deus, me digam que acontece o mesmo com vocês pra eu não ficar me achando A DOIDA que demorou anos luz pra voltar ao normal depois da maternidade! ;D

Faz um tempinho postei uma TAG super legal aqui no blog, que consistia em postar looks com uma mesma peça para usar nas 4 estações do ano! Pois agora transformei a TAG em post mesmo e vim mostrar 4 looks com aquele meu vestido estampado divo do brechó, que dá pra usar o ano inteirinho e em diversas combinações diferentes, olha só:

Primavera: uma combinação fresquinha e bem fofa com um cardigan branco e uma sandalinha dourada e dá pra ir até em um compromisso menos formal ou mesmo pra sair mais arrumadinha! Tô tentando muito fazer isso no meu dia-a-dia! Porque com a correria da vida de mãe a gente acaba saindo parecendo uma "loka"! Detalhe que o cardigan combinou super bem porque a cor dele está presente na estampa do vestido, mas também poderia ser de qualquer outra cor da estampa!

Verão: resolvi ousar mesmo e usar um saltão laranja que não está presente na cor da estampa, mas que na minha opinião, ficou uma combinação bem legal e diferente! Também ficaria ótimo com uma sandália preta de tira ou um scarpin! Roxo é outra cor que daria super certo! Look perfeito pra ir à igreja naquelas noites quentes e abafadas do calorão que faz aqui na minha cidade!

Outono: vestido com tênis é a coisa mais fofa e confortável do mundo inteirinho! E para aqueles dias geladinhos e com muito vento, só jogar uma jaqueta por cima e pronto! Dá pra ir passear no parque com a filhota sem cansar as pernocas!

Inverno: aquela época maravilhosa de tirar as botas do fundo do armário! Reparem que combinei todas as peças com cores presentes na estampa, o preto da bota, o azul marinho do casaco e o verde do cachecol. Mas para as pessoas mais básicas, daria pra usar com tudo preto numa boa, que seria uma ótima ideia de look para o trabalho!

Qual look vocês preferem?

O que acharam? Taí uma boa ideia pra gente fazer com todas as nossas peças e aprender a versatilizar o guarda-roupa!

0
Comentários
Gostou? Então compartilha!




Vestido: Sol da Terra | scarpin: Santa Lolla | tiara: sem marca

2016 foi um ano muito difícil e decisivo pra mim em muitos aspectos. Foi um ano em que chorei muito, dei muita risada, passei infinitas noites mal dormidas, viajei, abracei, me doei e recebi muito mas muito amor! E nada melhor do que começar 2017 elegantérrima de vestido novo, né? Um vestido é o melhor amigo de uma mulher, longo então é best friends forever! Não precisa de mais nada, só um sapato divinérrimo pra fechar com chave de ouro!
Esse vestido tudibão é da Sol da Terra, que você encontra na Clássica Moda Evangélica. Dá uma espiada que tem essa e muitas outras lindezas lá! Você compra sem sair de casa e ainda pode parcelar no cartão! o/
Clica aqui pra espiar o Facebook e o Insta da loja!

O que acharam do meu look? E vocês o que usaram no look da virada?

2
Comentários
Gostou? Então compartilha!


De Florença rodamos mais uns 300 km, seguimos viagem para Roma (nosso destino final) e assim que chegamos lá, marido foi devolver o carro numa agência da Avis que ficava perto do hotel! O combinado era que poderíamos devolver o carro com o combustível na reserva pois eles já cobraram o valor de 65 euros para encher o tanque e deu certinho: chegando em Roma o carro entrou na reserva, rodamos uns quase 800 km com um tanque!

Ficamos no Hotel Virgilio, o quarto era bem aconchegante, tinha uma sacada bem fofa com uma grade reforçada e sem perigo da Hadassa passar pelos buraquinhos (rs) que ela amou! 
Só não gostei do chuveiro e da torneira do banheiro que demorava muito tempo pra esquentar! Aí depois esquentava demais e quando a gente mexia pra regular esfriava de uma vez! Mas de resto foi legal, bom atendimento e uma ótima localização! 
Todos os hotéis em que passamos cobravam uma taxa de turismo na hora do check-out, foi a primeira vez que tivemos que pagar taxa, achei estranho no começo porque quando estivemos em Portugal não cobraram taxa, agora não sei dizer se é só na Itália ou se mais algum país da Europa também cobra! Alguém sabe?


Nessa foto, Hadassa sendo linda na Fontana di Trevi! Como disse um amigo nosso, Hadassa tava ofuscando a beleza da Itália! ;D






Assim que chegamos em Roma marido comprou o Roma Pass, pagou 36 euros por cada cartãozinho de 72 horas e nos dava direito de entrar de graça nas duas primeiras atrações e cobria todos os transportes públicos! Se estivéssemos sozinhos teria super valido a pena, mas como estávamos com um bebê de 1 ano, não deu certo porque não usamos nenhum transporte público! Tá, tudo bem, teria dado pra andar de ônibus, metro, trem, qualquer coisa com ela! Mas a gente já passava o dia todo fora do hotel, e querendo ou não acaba demorando um pouco mais até chegar numa estação e aguardar chegar o transporte, então preferimos pagar um táxi (que não é tããão caro assim) quando nosso passeio era um pouco mais longe! 
Já que o transporte público não rolou com o Roma Pass, a intenção era usar pra entrar no Coliseu, mas chegando lá tinha uma fila gigantesca e um monte de gente oferecendo pra você entrar na frente, mas claro que tudo nessa vida tem que pagar! Pagamos 36 euros pra entrar mais rápido, com um guia que não parava de falar! Então fica a dica, se alguém for pra Itália, é bem melhor comprar o ingresso com antecedência pela internet, você paga mais barato e evita filas gigantescas!
Pra entrar no Coliseu tinha que tirar jaqueta, mochila, tudo e passar pelo raio-x, como se fosse entrar em um avião, igualzinho no aeroporto! E também não é permitido entrar com líquidos, só deixaram a gente entrar com as garrafas térmicas porque eu expliquei que era pra fazer o leite da bebê! 
E assim que entramos, o guia pediu pra que esperássemos que a visita toda ele iria nos acompanhar, mas percebemos que levaria um dia inteiro e como ele parava demais, Hadassa ia ficar irritada! Então abandonamos a turma e fomos explorar tudo sozinhos! rs
Tenho que deixar bem claro aqui que o Coliseu é I-N-C-R-Í-V-E-L! Assim com letra maiúscula e tudo separado por hífen porque é demais mesmo! De longe já se vê aquela construção imponente, que é o cartão postal de Roma! É estranho pensar nas muitas batalhas e torturas que os cristãos sofreram ali, mas é reconfortante pensar que ali também houveram muitos milagres e que hoje qualquer um pode entrar pra ver de pertinho esse ícone da história!
Era o sonho do marido conhecer o Coliseu e foi o primeiro passeio que fizemos, porque de resto, se não desse pra ir ele não se importaria! 


Fotos espontâneas são sempre as melhores! ❤️ Mais uma fotita do Coliseu só porque esse dia foi demais! E ainda me perguntam se vale a pena viajar com um bebê tão pequeno que não vai lembrar de nada depois! Claro que vale, tenho muitas e muitas fotos que ela vai amar ver daqui alguns anos! 
A intenção aqui é ensina-lá desde pequena a aproveitar as pequenas coisas da vida, a conhecer outras culturas e aprender a respeitar as diferenças! Que ela tenha experiências que a façam crescer como ser humano, que valorize o ser e não o ter! Eu sei que é difícil e que estamos bem na contramão do mundo, mas estamos tentando e isso é o que importa! Acho que estamos no caminho certo! ❤️






Saindo do Coliseu fomos conhecer as ruínas do Fórum Romano e o Palatino, é "enoooorme de grande" e não conseguimos andar nem metade porque começou a chover, ficamos com medo da chuva engrossar e achamos melhor voltar! 
Nesse dia compramos um passeio de ônibus que passa pelos principais pontos turísticos de Roma, você pode descer em qualquer um deles, andar o quanto quiser e depois voltar para o ponto pegar o próximo ônibus (eles falavam que passava de 10 em 10 minutos mas demorava um pouco mais) e seguir o trajeto! Como choveu a maior parte do dia, só descemos no Coliseu, no Castelo de Sant'Angelo e depois voltamos para o hotel!








Penúltimo dia de viagem! Fizemos um passeio no zoo de Roma e depois fomos explorar um pouco o jardim gigantesco da Villa Borghese que é liiiindo! Não conseguimos conhecer nem metade mas tá valendo! 
Aproveitando, o look do dia de tênis com saia ficou um pouco diferente, porque tava muito frio e resolvi colocar uma legging por baixo! Não sei se eu conseguiria usar assim no dia a dia, mas até que ficou legal, e o mais importante: não passei frio!







 Pia em formato de xícara super fofa! *.*

Hadassa sendo maravilhosa! ;D

Saindo do zoo e da Villa Borghese, paramos na Piazza Venezia subir mais trocentas escadas pra tirar umas fotos! 
Mas vale a pena, mesmo carregando um carrinho e uma bebê "goida", ainda mais que era quase pôr-do-sol, as fotos ficam maravilhosas! Ah, o céu da Itália é simplesmente apaixonante! 
Maaaas, o meu céu preferido ainda continua sendo o de Portugal, talvez porque visitamos a Itália numa época chuvosa! rs
Nesse dia eu já estava triste porque a viagem tava acabando e ao mesmo tempo louca pra acabar logo e voltar pra minha casa, minha cama e minha rotina com a Hadassa! 


 Hadassa destruindo a loja da Puma! hahaha

 Realizei metade de um sonho, entrei numa loja Christian Louboutin! Agora só falta realizar a outra metade e comprar um, porque dessa vez não deu! kkkkkk

 A capa de chuva que salvou nossa viagem! 









Minha pequena se acabando na comida do avião!

Último dia de viagem! Fizemos umas comprinhas de manhã, depois fomos (de novo) para a Fontana di Trevi tirar umas fotos! Não fizemos nenhum passeio muito longo porque de noite iríamos para o culto, então tivemos que voltar cedo para o hotel nos aprontar! 
O look do dia também foi de legging e preciso confessar que ficou um hilo super bacana!
Hadassa dormiu um monte no carrinho, e nós esperamos a bonita acordar pra tirar foto com ela! Acordou, tirou um monte de foto e chorou na hora de ir embora! 
A Fontana é incrivelmente maravilhosa, até então eu só tinha visto em filmes, mas pessoalmente é demais! O problema é que tem muuuuita gente, ou seja, tem que ir com bastante paciência pra conseguir arrumar um lugarzinho pra fotografar! Mas é com certeza um lugar que não se pode deixar de ir!
E por fim, conseguimos conhecer a Congregazione Cristiana in Italia, agradecer por todas as bençãos recebidas! Fomos muito bem recebidos e ainda ganhamos uma carona até a porta do hotel no fim do culto!

Apesar de todos os pesares e contratempos, foi uma experiência incrível viajar com a bebê e já tô pensando na próxima!
E vocês, já viajaram com um neni? Como foi? Seria bom ouvir mais histórias pra eu não ficar me achando a única doida que viaja com criança pequena! :D

1
Comentários
Gostou? Então compartilha!


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *