Em Outubro/2017 tivemos dois casamentos: em um deles Hadassa foi daminha pela primeira vez, e no outro, ela foi daminha e eu madrinha! Para o look de daminha escolhi a Baby A para fazer o vestido, ficou bem delicadinho e fofo! Não quis decote profundo nem muita transparência, queria algo que ficasse bem simples pra que a atenção fosse toda pra ela e não pro vestido, algo perfeito pra idade dela e confesso, a Andresa me surpreendeu! O penteado foi a mamãe que fez! Aliás, mamãe tá muito cabeleireira, porque todos os penteados que vocês verão nesse post fui eu que fiz! ho ho ho
No primeiro casamento Hadassa se superou, fizemos um pequeno teste e ela deu a mão pro pajem e saiu andando no tapete vermelho, na hora H não foi exatamente perfeito assim, mas tá valendo! Já no segundo casamento, como eu fui madrinha e não fiquei com ela o tempo todo, não sei o que aconteceu que começou a chorar (na verdade eu sei, porque bem no dia ela amanheceu ruinzinha de gripe) e não quis entrar de jeito nenhum, o pajem entrou sozinho segurando a plaquinha! Mas ela só tem 2 anos, né gente? Ainda vai ser daminha muitas e muitas vezes! :D
Agora chega de blábláblá e confere aí que belezinha:






Pausa pro tetê enquanto a noiva não chega!

Madrinha de midi, ou A DIFERENTONA! Desculpa gente, mas uma sandália deusa dessa não pode ser escondida com vestido longo!

Dessa vez não coloquei a saia de tule por baixo do vestido dela, pra dar uma mudada. Também fiz o penteado solto, o lookinho ficou leve e ainda mais delicado!

E claro que depois arrasamos de tal mãe tal filha!

Quem disse que eu queria tirar essa roupa?

Tô apaixonada ainda por essa sandália!

O que acharam dos nossos looks? Lembrando que quem me segue no Instagram @misssainha vê tudo isso em primeira mão! ;)

No quarto dia fomos ao Buin Zoo, que por indicação da Blenda e da família dela, era o mais top! E realmente, nós só tínhamos ouvido falar do zoológico da cidade, mas esse, fora de Santiago, era incrível! Ficamos encantados com o lugar, comida boa e o mais legal, tinha um espaço que as crianças podiam entrar em contato com pequenos animais! Imagina só se a gente não amou? Pegamos o metrô pertinho do hotel e fomos até a estação central, lá pegamos o trem que nos deixou praticamente na porta do Zoo, super fácil e barato! Na verdade nem tão fácil assim, porque não é mole subir e descer as escadas do metrô com carrinho de bebê, mas não existe obstáculo pra gente que quer passear! E o melhor de tudo, é que ao invés de sermos empurrados, a gente é que empurrava e atropelava as outras pessoas com o carrinho! hahaha 

Ela gostou até a hora que veio um bode gritando perto dela, aí assustou, chorou, pediu colo e não quis mais ir pro chão! :(





Primeira vez andando de trem! Ela amou!


No quinto dia queríamos conhecer o parque florestal! Pegamos o metrô novamente, mas acredito que nos indicaram a estação errada, descemos num lugar bem longe e nos perdemos procurando, aí começou a chover, paramos no primeiro restaurante aberto que encontramos (porque era domingo e estava tudo fechado), comemos e pedimos um uber pra voltar pro hotel! E fim! :(



Tal mãe tal filha de turbantes Baby A!

Nossa comida nesses dias todos foi praticamente salada caesar, sorte que a carne e o arroz eram bem parecidos com o que a gente tá acostumado no Brasil! Hadassa se acabou de comer! Nunca a vi comer tão bem, até brinquei com o marido pra nos mudarmos pro Chile, só assim ela vai comer bastante do jeito que eu sempre sonhei! Hahaha

Chegamos na porta do hotel e adivinhem só? O sol resolveu sair!




Pelo menos conseguimos ir à igreja à noite e conhecemos a Congregación Cristiana en Chile!

Último dia de viagem e fomos fazer o quê? Visitar os brechós, é claro! Esse era o Orange Blue, mas tinha muitos outros! Esse é bem famoso por ter muitas marcas caras, portanto, não consegui comprar muita coisa, só um vestidinho pra não dizer que não trouxe nenhuma lembrança! rs

Ensinando pra Hadassa o que é bom! Ela adorou ficar correndo pelos corredores do brechó!


Depois disso, fomos dar uma última voltinha, comer e nos despedir da cidade! E reparem a Cordilheira dos Andes no fundo!

Almocinho saudável!

Adiós Chile, foi bom enquanto durou, mas já estava com saudades do calor do Brasil!

Hadassa ficava meio irritada quando saíamos pra rua que eu enchia ela de roupas! No hotel ela brincava um monte, mas a hora que tinha que vestir de pinguim ela ficava bravinha! rsrs


E essa vista? *.*


Viajar é tudo de bom, mas nada como voltar pra nosso cantinho! Hadassa amou ver as luzinhas da janela do avião!

De volta ao conforto do nosso lar, e agora ela não desgruda dos dois ursinhos que trouxemos das viagens, só dorme agarrada com eles! O ursinho da Itália de quando ela fez 1 aninho e o elefante do Chile dos 2 aninhos! Quero nem ver daqui uns anos, se continuarmos viajando, ela vai ter que sair da cama pra caber todos os bichinhos de pelúcia! hahaha

Pra encerrar, ficamos no hotel Libertador, bem simplesinho, o atendimento não era dos melhores, mas foi o mais barato que encontramos e pelo menos era bem localizado! Recomendo pra quem quer viajar gastando pouco e não se importa com luxo!
É isso minha gente! E que venham muitos outros aniversários e muitas outras viagens pra gente comemorar e viver momentos maravilhosos e inesquecíveis em família! ❤️

2
Comentários
Gostou? Então compartilha!


No terceiro dia a gente deu um azar da peste que choveu e esfriou muuuuito! Aí tivemos que ficar nos arredores do hotel, porque a hora que chovia muito forte a gente corria se esconder em alguma loja! Pelo menos, conseguimos subir no Cerro Santa Lúcia, que ficava bem próximo ao nosso hotel! Pensa num casal que adora subir escadas carregando um carrinho e uma bebê gordinha? hahaha Fizemos isso na Itália e no Chile repetimos a dose! Mas vale super a pena, a vista é incrivelmente linda e rende muitas fotos legais!

Refletindo no tanto de escada que ainda tinha pra subir! Mal sabia eu que tinha muito mais do que eu esperava!

A felicidade de quem subiu todos os degraus deitada no carrinho! kkkkkk

Eu não disse que vale a pena? O lugar era muito lindo!

Esmagaaaaa!

Subimos seguramente uns 200 degraus! Mas olha só essa vista, compensou todo o cansaço e a falta de ar, porque é claro que a gente estranha bastante a altitude!






Essa foto me lembrou muito São Paulo, na verdade o Chile me lembrou muito São Paulo!




Saindo do Cerro ainda deu tempo de procurar um parquinho, mas o frio não deixou a gente aproveitar muito! 


Achamos uma galeria na volta pro hotel com esse foodtruck bem fofinho!

E Hadassa chegava no hotel pedindo pra subir na janela! Reparem que lá na neve não queria colocar luva de jeito nenhum, no hotel ela pedia pra colocar luva o tempo todo! Afffff

Quase uma selfie! *.*

Vocês também já viajaram com criança pequena? Estão planejando uma viagem? Me contem, adoro trocar figurinhas sobre esse assunto! ❤️

0
Comentários
Gostou? Então compartilha!


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *